Pesquisar

VIANA – CIDADE MORTA

Este é o repositório de 5 anos de histórias de uma cidade que quis ser criativa

Alguém anda preocupado com a "privatização" da Doca Duarte Pacheco

Porque é do lado do Cabedelo que se conseguem as melhores fotografias, anda alguém muito preocupado com a “privatização” da depauperada Doca Duarte Pacheco, que a nova empresa que gere o Porto de Viana está a promover.


Resta saber porquê? Pois que a mesma associação que gastou mais de 100 mil euros no âmbito do projecto Viana Criativa (que é de criação inteira do autor deste blog sem ter recebido um tostão que fosse e ainda ter sido bombardeado com insultos e outras acções por parte de quem “comeu e não gostou”) publica agora umas estranhas fotografias, onde até, por sinal, estão instantes captados por outrém, bem à moda de uns retratistas e outros espécimes que por aí andaram a difamar pensando que a memória se apagava. Sim, porque somos sempre que nos resta e o agente Y pode resolver investigar!

Câmara de Viana financiada por empresas privadas para divulgar vídeos na Internet

A imagem pode parecer de um tal vídeo que custou 50 mil euros aos cofres de todos nós mas não é. Mas o mais curioso é que os vídeos da Câmara Municipal estão a ser financiados por empresas privadas. Bem podem retirar agora os anúncios porque os instantes já ficam guardados para memória futura. Nada de mais que o agente y não possa investigar.

Uma verificação atenta a todo o material que a Câmara Municipal tem colocado nos últimos tempos e que tem sido paga pelos impostos dos vianenses revela que o “famoso” vídeo (que nenhum impacto teve até hoje em nenhuma parte do mundo) é afinal uma remistura de vários vídeos feitos que pode ser encontrados aqui http://viana.us/canalhd e aqui http://viana.us/canaldoce. Além de ter sido produzido em Viana (e não por uma empresa internacional como se quer fazer crer).

Mas o mais grave de tudo é que o canal da Câmara Municipal e outros materiais colocados de vídeo na Internet estão a ser financiados por empresas privadas.

Viana do Castelo vista pelo "olhar" dos passageiros do Cruzeiro Le Soleal

Cruzeiro Le Soleal só cá deixou poluição

O navio de cruzeiros francês Le Soléal fez escala no porto de Viana do Castelo, com 225 turistas a bordo. Os turistas foram transportados para a cidade em autocarro para visitar o património local, designadamente os museus de Artes Decorativas e do Traje, o centro histórico e Santa Luzia. Sabe que o que viram?

Veja que vai gostar.

Queria fundos comunitários para gerir obras? Pois não há e as regras foram negociadas por José Sócrates

E agora, como vai ser?

«Na próxima segunda-feira, o Conselho Regional do Norte vai reunir “de urgência” para discutir o afastamento das Comunidades Intermunicipais (CIM’s) dos fundos comunitários. O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e também Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, José Maria Costa, face aos últimos desenvolvimentos do Programa Portugal 2020, já anunciou que vai contestar o afastamento das Autarquias e das Comunidades Intermunicipais dos fundos comunitários.»

Ora, a notícia como está veiculada aqui http://viana.us/acabouafesta até pode parecer que o autarca tem razão, mas foi o Governo de José Sócrates quem preparou o terreno para que Portugal fizesse a vontade aos restantes países da União Europeia: deixar de investir em pedra e cimento, controlar os financiamentos e apostar na Agenda Digital e na Economia Criativa. Mas há mais, depois de 2020 todos começamos a pagar para quem é mais pobre na União Europeia. Mas há mais…veja o Diário da República.



Governo APAGOU site dos ESTALEIROS DE VIANA e criou uma nova empresa

È um adeus ou um até já?

Depois de ter mandado apagar todos os conteúdos do site dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo precisamente no dia em que deu posse a uma designada “comissão liquidatária” que teria de encerrar os ENVC até Agosto e ter criado uma nova empresa com alguns dos atuais administradores dos ENVC, o Governo mandou eliminar de de vez o website dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo.
Sucede que o ministro Paulo Portas apenas determinou a extinção da EMPORDEF e já está criada uma nova empresa com alguns dos atuais administradores dos ENVC. A nova empresa chama-se ENN – EMPORDEF ENGENHARIA NAVAL, SA

Leia o documento da comissão parlamentar da Assembleia da República que ninguém mostrou…até agora e se tiver pachorra veja o que foi dito por José Maria Costa no parlamento.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: