Ao cabo de mais de seis anos, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial acaba de conceder o certificado de denominação de origem ao Bordado de Viana do Castelo. A origem dos bordados de Viana do Castelo está intimamente ligada aos trabalhos realizados em trajes da região: “ O Traje à Vianesa “ ou “ Traje à Lavradeira”.

 

Nos nossos dias podemos encontrar muitos e variados trabalhos com bordados de Viana, como atoalhados, sacos de pão, panos de mesa e cómoda, chinelas, etc., no entanto, todos os motivos bordados tiveram origem nos trajes regionais que foram posteriormente transpostos para estes trabalhos.
O traje à lavradeira foi totalmente criado pelas camponesas de algumas freguesias próximas de Viana do Castelo, foram elas que o riscaram, teceram, trabalharam e bordaram. Os trajes todos decorados com os bordados feitos por estas mulheres do campo, e que diferem de freguesia para freguesia, são usados em dias de festas ou feiras. Dentro destes bordados podemos distinguir uns mais ricos do que outros, dependendo da classe social a que se referem.

 

Pode ler o despacho aqui.


Leia o caderno de especificações aqui.

Anúncios