Enquanto ciência social, a Arqueologia estuda as sociedades, podendo ser tanto as que ainda existem, quanto as já extintas, através de seus restos materiais, sejam estes móveis ou imóveis.
Durante dezenas de anos, a investigação arqueológica relacionou-se fundamentalmente com a pré-história e as civilizações da antiguidade; no entanto, ao longo do último século, a metodologia arqueológica aplicou-se a etapas mais recentes, como a Idade Média ou o período industrial. E são cada vez mais os arqueólogos que se dedicam cada vez mais a fases tardias da evolução humana, dando origem à designada arqueologia industrial.
Mas o crescimento desenfreado das redes sociais na World Wide Web revelou a necessidade de um outro tipo de estudo: a recolha de vestígios materiais que contribuem para o estudo antropológico e sociológico das culturas.
Diariamente surgem “achados” que outrora se mantinham escondidos e a triagem desses materiais possibilitará, no futuro, alinhar uma história da sociedade desde o final da época industrial até ao século XX.
O projecto MUSEU DE VIANA surge assim de um novo paradigma: a arqueologia web. O seu objectivo é claro, recolher dados nas várias redes sociais e fazer a sua leitura inicial permitindo aos investigadores, por um lado, e à população WEB 2.0, por outro, encontrar formas de “ler” o passado através de partes isoladas da nossa história contemporânea.

 

O projecto do Museu de Viana | o Museu Virtual dos Vianenses surge com o objectivo de reunir vídeos, fotografias e documentos que, de alguma forma, ilustrem (com qualidade iconográfica, antrpológica e histórica) a história da cidade e da região. Este é um projecto colaborativo e por isso qualquer vianense pode contribuir com conteúdos, bastando para tal que envie um link de onde possa ser retirado o vídeo ou a fotografia ou o documento que entender merecer ocupar lugar de destaque no museu. Uma das principais características deste projecto é o facto de funcionar num modelo multiplataformas utilizando a designada web semântica. Outra das particularidades é o facto de, devido à ausência de apoios directos ou indirectos do Estado ou do erário público, a manutenção do museu ser custeada por publicidade. Obrigado desde já pela visita!!!

Anúncios