Terra Verde de tons cinzentos com um respingo azulado. É assim do Alto Minho, 365 dias por ano, hoje, ontem e sempre. Viver aqui não é o mesmo que morar ali. Esta é a região onde a cor se mistura com a ausência dela, onde a raia acaba no mar e o litoral termina na fronteira. É a terra que mais inspira mentes alucinadas pelo mundo sem sentido e é o microcosmos do universo de quem labora (sem mandriar) dia após dia, sem olhar para as coisas mais pequenas da vida.

É assim o vídeo que se vê aqui…

Anúncios